Publicidade

sábado, 29 de maio de 2010

Academia pode ser processada por morte de aluno e falta de exame médico

Idoso morre ao fazer musculação em academia no Centro de Niterói-RJ

Ele fazia exercícios abdominais quando começou a passar mal e desmaiou no vestiário do estabelecimento. Delegado indiciou o sócio da academia por homicídio culposo

Um aposentado de 68 anos morreu na manhã de quinta(27) quando fazia musculação na academia, no Niterói Shopping (RJ), Centro de Niterói-RJ. Segundo o médico Jemerson Coelho, de 57 anos, um dos sócios da academia, o idoso teria sofrido infarto fulminante.

O delegado da 76ª DP (Centro), indiciou o sócio por homicídio culposo, porque a academia não exigiria avaliações médicas dos alunos, como determina a legislação. Segundo ele, o instrutor presente na academia no momento do ocorrido não possuia o registro do Conselho Regional de Educação Física (CREF), foi indiciado por prática ilegal da profissão.

Funcionários e alunos foram convocados a depor, o que levou a academia a fechar as portas na tarde de ontem. Hoje, o estabelecimento deve reabrir, normalmente. O aposentado, que segundo a família tinha hábitos saudáveis e fazia musculação desde 2005, fazia abdominais quando começou a passar mal. Ele teria ido tomar banho para ir embora, quando desmaiou no banheiro.

A viúva do aposentado, contou que foi difícil acreditar no que aconteceu. “Ele não fumava, não bebia e se alimentava bem. Fazia exames regularmente e tratava a diabete, que era o único problema de saúde.”, relatou.

Por Fernanda Alves Gutemberg Ramo


Fonte: Jornal Fluminense.com.br
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

1 Comentários:

  1. Se o CREF daqui trabalhasse muitas academias estariam fechadas, não estou falando apenas das pequenas mas as "GRANDES" também.

    Gente que não tem formação de Bacharel dando aula, é complicado.

    Mas...

    ResponderExcluir