Publicidade

terça-feira, 15 de março de 2011

Encha a cara de álcool e jogue no lixo 10 dias de treino

Usar álcool é como apedrejar seu sistema endócrino, ferrar o seu metabolismo de GH e intoxicar o sistema nervoso central

Por Paulo Cavalcante Muzy
Médico, ortopedista e traumatologista, especialista em traumatologia esportiva e artroscopia, fisiologia, biomecânica e treinamento desportivo.


Esteróides!
Olha só, usar álcool é como apedrejar seu sistema endócrino: ele eleva a sua insulina fazendo com que o excesso ocupe os receptores de somatomedina C ( o que ferra o seu metabolismo de GH) e a partir daí nada mais “conversa” direito em você.
Álcool ainda tem um agravante: fuciona como toxico do sistema nervoso central (através do aldeído produzido no processo de metabolização, que é responsável pela dor de cabeça, irritação, gosto de pau de guarda chuva na boca do dia seguinte) e como relaxante muscular central à copia de seus primos benzodiazepínicos, o que vai com certeza deixar alguns treinos subsequentes bem podrinhos....
Mas como estamos nessa seção para falar de hormônios, vamos fazer uma conta do ponto de vista hormonal, ok?
Se 20min de treino resistido fazem com que seu corpo tenha estimulo para modificar determinado segmento por 10 dias, significa que ao você encher a cara solenemente você jogou fora o treino de pelo menos 10 dias antes da fatídica bebedeira.
Outra conta ruim: cada pessoa tem um tempo para retornar aos padrões iniciais insulinêmicos, ficando oscilando como um pendulo por algum tempo. Neste tempo nada de ganho, nada de melhora.
Pense e faça a sua escolha de maneira acertada.
Abraço forte e muita performance com muita saúde!
Muzy

Fonte: Performance com Saúde
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário