Publicidade

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Randy Couture se aposentará do UFC

Oss!
Boa tarde!
Hoje temos a notícia de que mais uma lenda do MMA se aposentará, depois de Chuck Lindell, chegou a vez de Randy "The Natural" Couture pendurar as luvas.
Segue reportagem:
Ele é ator hollywoodiano, empresário, treinador, comentarista e medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos. Além de tudo isso, é o maior campeão do UFC. Aos 47 anos, o norte-americano Randy "The Natural" Couture realiza o último combate de sua carreira neste sábado à noite contra Lyoto Machida. Além de um legado com cinco cinturões, o “Capitão América” se aposenta do esporte como o atleta mais querido da história do MMA.
“Era a hora certa para mim. Os fãs pediram para eu continuar e ainda tenho vontade de fazer mais. Mas tudo chega ao fim. Foram anos maravilhosos, mas não poderia escolher um momento melhor para me aposentar”.

Passado o combate contra Lyoto no UFC 129, em Toronto, Couture voltará toda a atenção para o cinema. A partir de maio, ele iniciará as filmagens do longa “Highjack”. Logo em seguida, começará a rodar a sequência de “Os Mercenários” ao lado do Sylvester Stallone.
“Este é um mundo novo para mim. Já fiz uma série de filmes, mas só agora vou poder me dedicar ao cinema com carinho. Tive ótimas experiências nos sets e espero ter muitas outras”, completou o ator, enquanto era saudado por um grupo de fãs canadenses que pediam para que ele não se aposentasse.
Os motivos que levam Randy Couture a ser tão querido pela torcida são simples. Ele é o lutador que mais conquistou cinturões na franquia: cinco no total, entre os pesos pesado e meio-pesado. Não só isso, como é um dos atletas do UFC mais atenciosos com a torcida e a mídia em geral.
“Ele é uma verdadeira lenda do MMA. Fez muito pelo esporte. Por isso, me sinto honrado em ser seu último adversário. O mínimo que posso fazer é entrar no octógono no auge da minha forma. É o que um lutador como o Randy merece”, destacou Lyoto Machida.
Apesar de priorizar a carreira no cinema, o “Capitão América”, terá uma série de obrigações fora do UFC. Ele também é dono de uma cadeia de academias que levam seu nome, além de trabalhar como treinador de outros lutadores e eventualmente como comentarista de lutas.
“Sou um cara muito ativo. Gosto sempre de me ocupar com alguma coisa, mas também gosto de relaxar. Faço retiros na floresta, gosto de escalar, andar de moto... Coisas assim”, concluiu Couture, que também foi campeão dos Jogos Pan-Americanos de 1991, em Havana, na luta greco-romana.
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário