Publicidade

domingo, 15 de maio de 2011

A magia dos playoffs

Ia escrever algo sobre os playoffs antes de começá-los, mas a falta de tempo não me permitiu, acabou por ser bom, pois agora temos o que falar sobre esse considerado o melhor dos últimos anos.

Já estamos indo para a final de conferência, só falta um time a ser definido que sairá da disputa entre Memphis Grizzlies e OKC Thunder, no qual empatam a série por 3x3, próximo jogo é em Oklahoma. Pelo lado leste as coisas já foram finalizadas e domingo começam as finais. Bulls x Heat fazem um duelo interessante, os dois primeiros jogos serão em Chicago, mas falarei dessa final em outro post, agora abordarei as fases passadas.

Três equipes consideradas favoritas foram eliminadas, coincidentemente (ou não), as que possuiam jogadores mais veteranos. Spurs já não é o mesmo da década em que conquistou 4 títulos, Tim Duncan e Parker não conseguem render o mesmo de antes, o time ficou muito dependente do argentino Ginobilli, único a manter uma regularidade e fazer algumas jogadas fora do normal. Porém, foi insuficiente, hoje é dificil um jogador levar um time nas costas, com playoff bastante equilibrado isso não é possível. Também devemos enaltecer a equipe do Grizzlies Zach Randolf, Marc Gasol fizeram uma série fantástica, destruiram com o garrafão do Spurs e merecidamente passaram de fase. Outro time a ser precocemente eliminado foi o time do melhor pivô da liga Orlando Magic, D12 não foi suficiente para derrubar o Hawks, apesar dos seus 46 pts na primeira partida. Nos outros rounds o 'normal' se manteve, Celtics varreu o Knicks com uma série monstruosa de Rajon Rondo, Lakers passou pelo Hornets, mesmo Chris Paul dando show em algumas partidas e mostrando ser o melhor PG da liga. Thunder eliminou Denver numa série polêmica por conta da arbitragem, Heat o 76ers e o Bulls seguiu na liga tirando o Pacers do caminho.

Passada para as semi-finais, sem dúvida, o duelo mais esperado era entre Heat e Celtics. Heat com Lebron e Wade que tinham ao seu lado a juventude e o atleticismo em dia, já o Celtics com Rondo, Paul Pierce, Allen e Garnett, a experiência e o histórico em playoffs contra times de Wade e Lebron.
Heat eliminou o Celtics em 5 jogos, o atleticismo e a qualidade de dois dos melhores jogadores da liga prevaleceu, mas fatos curiosos aconteceram, Lebron no último jogo deixou de lado paradigma de ser um jogador "pipoqueiro" na reta final e fez cestas decisivas. Mas o que vai ficar mesmo marcado foi o que aconteceu no jogo 3 em Boston, quando Rajon Rondo, armador Celta, teve o cotovelo deslocado numa queda, a cena era feia e intrigante, muitos diziam ter acabado a série já que Rondo é o cérebro do time. Como Paul Pierce disse: "Se Rondo esta mal o time joga mal, se ele está inspirado somos quase imbatíveis!". Rondo foi ao vestiário e a preocupação era grande sobre a gravidade da lesão, alguns minutos depois ele volta a quadra pronto para jogar, entra em quadra e mesmo com um braço apenas em condições volta ao jogo e comanda o Celtics a vitória, ele fez cestas, deu uma enterrada e ainda roubou uma bola com o braço que estava o cotovelo deslocado.

Apesar de faturarem milhões a paixão e a gana de vencer faz desses jogadores consagrados superarem os limites físicos e pensarem somente no sucesso do time. Com certeza o lance ficará marcado na história da NBA e quem acompanhou vai levar alguma lição após ter assistido a cena.

@LEoMoreirar

Leonardo Moreira
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário