Publicidade

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Você vai para a academia malhar ou treinar?

É impressionante a quantidade de pessoas que aparecem na academia com objetivos como interagir, namorar, passear, passar o tempo, criticar outras pessoas, entre outras coisas, menos para treinar. Vamos, então, entender o que significa treinar e malhar e você verá em qual perfil você se encaixa.
Malhação: É aquilo que se vê atualmente em certas academias e clubes, uma atividade com benefício de descontração. O que seria uma ótima escolha quando se está procurando bem-estar.

São inúmeros os tipo de atividades que podem proporcionar bem-estar: aulas em grupo, ginástica localizada, grupos de caminhada ou um treinamento resistido leve. Tudo isso pode proporcionar um grande bem-estar ou servir como trabalho de reabilitação, até mesmo como um fortalecimento muscular e um pequeno condicionamento físico.
Pode-se considerar que malhação é aquilo que fazem algumas pessoas que, quando não estão bem fisicamente e numa determinada hora do dia se sentem desconfortáveis com seu físico, resolvem ir para a academia e malhar para sentirem-se melhor. Ou aquele rapaz que se lembrou que a gatinha está na academia, num determinado horário, e resolve aparecer para ficar azarando a garota. Tem também aquela mulher que só vai em um determinado horário porque o professor gatinho está lá para dar aula a ela.
Há também aquela pessoa que depois de malhar por horas lembra que é sexta-feira, dia de balada, e depois que sai da academia vai direto para a festa, com bebida à vontade e sem saber a que horas volta para casa.
Ou aquelas pessoas que estão no meio de uma determinada série de exercícios, perdem a vontade de continuar e saem da sala sem motivo algum. E aquelas duas amigas que só utilizam aqueles dois aparelhos próximos porque gostam de conversar sobre os recadinhos recebidos no Orkut.
Aluna que pede o professor para passar apenas alongamento porque naquele dia ela não está com vontade de malhar. E o aluno que vai prestar vestibular e leva uma apostila para estudar durante o malhação? Acredite. Isso existe!
Existem inúmeras razões na vida que nos levam a malhar e não a treinar. Malhar é mais tranquilo e seguro, não há necessidade de se esforçar muito e proporciona bem-estar, deixa você mais alegre por não sacrificar tanto. Além de tudo, quando malhamos, normalmente não sentimos dor.
Mas acredito que, além dos prazeres mencionados, o que todos querem mesmo são resultados, o que não acontece com facilidade se não houver um pouquinho de garra, determinação e seriedade. Sem isso, não haverá ganhos.
Com pessoas aparentemente saudáveis, acredito que haja um pouco de enganação nesses tipos de trabalhos de "malhação de baixa intensidade".
Mas se você está se sentido bem com os resultados da malhação de baixa intensidade, parabéns! Continue assim, pois a vida é cheia de escolhas.
O meu trabalho aqui é proporcionar um treino de qualidade e que lhe proporcione resultados rápidos e seguros. Mas se você quiser mesmo grandes resultados, corpo perfeito, curvas atraentes, pernas torneadas, então treine! Cobre de si mesmo, pois você pode ter muito mais resultados do que você está obtendo. Acredite no seu potencial! A energia interior é mais forte que a exterior.
Treinamento: Tente entender esta proposta da forma mais simples clara! Relembrando que só depois de uma avaliação física completa você poderá iniciar um treino. É o que a maioria dos atletas faz, independente da modalidade, mas a diferença é gritante, pois eles conseguem desenvolver físicos perfeitos. Faz-se necessário esclarecer: não estou incentivando você a virar um atleta, até porque não e fácil, mas você pode melhorar. sabe disso!
Há uma combinação de fatores que deve ser seguida para realmente dar significado à palavra treino. São eles:
Concentração:
Esqueça tudo que está à sua volta e procure sentir o músculo em cada repetição. Descanse somente o necessário.
Dedicação aos treinos:
Faça do seu treino um trabalho obrigatório, que deve ser cumprido da melhor forma possível. Imagine que você não pode faltar ao treino, da mesma forma que você não mata serviço.
Deve-se seguir a tabela de treino como se fosse os serviços que você presta para a empresa onde você trabalha. Procure organizar seu treino em outro horário, caso tenha algum compromisso, mas nunca deixe de treinar.
Suportar a dor:
É triste, mas continuo defendendo o mesmo lema, ainda polêmico: "no pain, no gain" ou, em bom português, sem sacrifício não há recompensa! Lembrando que há controvérsias sobre o assunto! Existem publicações que são contra e outras a favor, mas o que eu quero que se entenda é que, na prática, a coisa é um pouco mais complexa. Um grande exemplo disso é que, até hoje, todos os atletas amadores ou profissionais ainda sentem muita dor muscular, depois de um treino. Mas conseguem desenvolver físicos perfeitos.
Lembre-se que nosso corpo só tem melhoras estéticas se houver um estímulo. E quanto maior o estímulo, melhor o desenvolvimento.
Quebra de limites:
Tente fazer com que seu corpo atinja 100% da capacidade. Prove a si mesmo que você pode ir além do esperado e, se possível, colocar sempre novos recordes nos seus treinos.
Nutrição:
Sem uma alimentação adequada antes e depois de um treino, você não conseguirá desenvolver uma boa musculatura. Sem alimentação adequada o treinamento perde o efeito.
Suplementação:
Não são todos os casos, mas a maioria das pessoas que treina sério necessita de suplementos alimentares, pois ocorre uma carência de vitaminas, proteínas e sais minerais que, só com a alimentação não é possível repor todos os nutrientes, então os gastos do treino não são supridos.
Observe, por exemplo, que as pessoas que não usam suplementos, mas que treinam sério, muitas vezes estão com aquela aparência pálida e, mesmo treinando, sentem-se cansadas. Há aluno que treina sério, mas seus resultados não são tão bons quanto esperava. Pode ser que ele precise de uma suplementação adequada. Mas ainda há um outro problema: o preço dos suplementos, na maioria das vezes, é bem superior à mensalidade da academia.
Descanso:
Não se esqueça de que para se recuperar do treino o descanso é de extrema importância. Não pense que pode acabar de treinar e sair para festas, dançar a noite inteira e achar que pode descansar só quando a farra acabar. Lembre-se de que seu corpo não pode esperar.
Música:
A música é tão importante que até faz a gente se sentir mais forte. Me lembro uma vez em que eu estava no meio de um treino, quase parando devido ao cansaço e, de repente, começou a tocar uma música que há muito tempo eu não ouvia. Levantei-me do aparelho já cantando a música, em voz baixa, e peguei mais pesos no aparelho, totalizando 50% a mais de carga que eu estava usado. Fiz dez repetições a mais do que eu pretendia. É por isso que é válido colocar uma música que te dê prazer. Isso vai fazer com que seu treino seja mais intenso e você se concentre melhor. É por este motivo que os melhores atletas do mundo gostam de ouvir música para se concentrar durante o treino.
A união de fatores como concentração, dedicação, dor, quebra de limites, nutrição, suplementação, descanso e música que considero como TREINO. Então, você está treinando ou malhando?

Referência Bibliográfica:
SILVA, Bruno Ricardo Vieira da. Musculação e Nutrição - A combinação perfeita para a boa forma.1.ed.Goiânia:Liberdade, 2009. 

Fonte: Poder e Beleza
|Postado por: Pedro Henrique|
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário