Publicidade

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Musculação reduz risco de diabetes tipo 2 independentemente da prática de exercícios aeróbicos

|Postado por: Pedro Henrique|

Porém, associar esses dois tipos de atividades pode ser mais eficaz do que praticar somente uma delas.

O primeiro estudo a analisar os efeitos da musculação sobre o risco de diabetes tipo 2 mostrou que esse tipo de atividade, independentemente da prática de exercícios aeróbicos, como caminhada ou corrida, já é capaz de reduzir as chances de uma pessoa apresentar a doença. No entanto, de acordo com a pesquisa, feita na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a probabilidade de não desenvolver a condição é ainda menor quando os dois tipos de atividade — muscular e aeróbica — são associadas. As conclusões desse trabalho foram publicadas nesta segunda-feira no periódico Archives of Internal Medicine.

Ao longo de 18 anos, os pesquisadores acompanharam 32.000 homens, analisando características como prática de atividade física, sedentarismo, hábitos alimentares, tabagismo e consumo de álcool, além de se os participantes tinham casos de diabetes na família. Nesse período, 2.278 voluntários foram diagnosticados com diabetes tipo 2. Os resultados dessa pesquisa mostraram que a prática de atividades que envolvam o fortalecimento muscular, como a musculação, durante 150 minutos por semana, diminui as chances de uma pessoa ter diabetes tipo 2 em até 34% em comparação com não praticar nenhum tipo de exercício. Essa redução ocorreu mesmo com treinos de menor intensidade. Por outro lado, a associação entre esse tipo de exercício com algum outro aeróbio reduz esse risco em até 60%.

“Até agora, as outras pesquisas indicaram que as atividades aeróbicas são de grande importância para a prevenção da diabetes tipo 2. Porém, muitas pessoas têm, por diversos motivos, dificuldade em aderir esse tipo de exercício. Nosso estudo sugere que a musculação pode ser uma alternativa para as atividades aeróbicas para aqueles que buscam se prevenir da doença”, diz Andres Grontved, coordenador do trabalho.

Fonte: Veja
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário